Uma das primeiras capitais planejadas do Brasil, Belo Horizonte tem muito a oferecer aos turistas. Praças, parques urbanos, museus, mercados, feirinhas… e claro, uma intensa vida gastronômica! Dois dias não serão suficientes para conhecer tudo, mas separamos o essencial para você desbravar a capital mineira e comer MUITO bem!


Dia 1
De passeio cultural a jantar com alta gastronomia mineira.

Que tal começar a desbravar Belo Horizonte pela histórica Praça da Liberdade, com os jardins inspirados no Palácio de Versalhes, na França? Construída na época da fundação da cidade, em 1895, a praça era o centro político do Estado, já que a sede do governo era no Palácio da Liberdade, cercado por outros prédios com as secretarias estaduais. Em 2010, quando tudo foi transferido para a Cidade Administrativa, o redor da Praça da Liberdade ganhou museus e espaços culturais, como o CCBB BH, Casa Fiat de Cultura, Espaço do Conhecimento, Memorial Minas Gerais… Escolha os que pretende visitar e reserve a manhã inteira para esta exploração cultural da área. Ah, todos eles com entrada gratuita!

Não deixe de conferir os icônicos edifícios projetados por Oscar Niemeyer: a Biblioteca Pública e o Edifício Niemeyer.


Sugestão para o almoço: Restaurante Província de Salermo

Esta é uma das melhores e mais tradicionais casas de massas do Brasil, com fabricação própria e molhos típicos do sul da Itália. Quem comanda é o chef premiado Remo Peluso.

R. Maranhão, 18 – Santa Efigênia
(31) 3241-2205

DISPONÍVEL NO CHEFSCLUB! Veja no app
.


Depois do almoço, que tal uma caminhada pelas ruas arborizadas da capital? Em cerca de 30 min, você chegará ao tradicional Mercado Central de Belo Horizonte, com seus 87 anos de história. Entre turistas e moradores, são mais de 1,2 mi de visitantes por mês, que se perdem nas mais de 400 barracas oferecendo doces, cachaças, queijos, temperos e artesanatos. Já viu que não vai ser possível sair daqui sem um pote de doce de leite… E sabe aquele cafézinho no fim da tarde? É só procurar seu cantinho preferido.

Volte para o hotel e descanse, afinal, logo mais é hora de jantar na capital mineira!


Sugestão para o jantar: Restaurante Glouton

É hora de experimentar a culinária mineira reinventada! Hoje o jantar será com alta gastronomia, precisão técnica e apresentação primorosa do Glouton, uma das casas mais sofisticadas de Belo Horizonte!

Rua Bárbara Heliodora 59 – Lourdes
(31) 3292-4237

DISPONÍVEL NO CHEFSCLUB! Veja no app
.


Se ainda sobrar pique, que tal encerrar a noite em um dos barzinhos agitados da região da Savassi? Lembrando que BH é a “capital dos botecos”, e essa região concentra ótimos bares, restaurantes e boates. Certamente um deles será ideal para fechar seu primeiro dia na cidade!

Dia 2
Pão de queijo, Niemeyer e um bom churrasco!

Depois da noite de ontem, uma boa pedida é começar o dia com um café da manhã mais tarde. Nossa sugestão é especializada no maior ícone mineiro: o pão de queijo!


Sugestão para o café da manhã (*a partir das 11h30): A Pão de Queijaria 

Puros ou recheados, salgados ou doces, aqui tem pão de queijo pra todos os gostos. Além de pratos com diferentes versões de sanduíche, o cardápio conta com broas, cafés especiais, cervejas artesanais e ótimas sobremesas.

Rua Antônio de Albuquerque 856 – Savassi
(31) 3244-2738

DISPONÍVEL NO CHEFSCLUB! Veja no app
.


Ir a Belo Horizonte e não conhecer seu cartão postal é inadmissível. Então reserve um tempo para explorar o Conjunto Moderno da Pampulha, declarado em 2016 Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Projetado pelo mestre Niemeyer na década de 40, o complexo foi uma “encomenda” do então prefeito de BH, Juscelino Kubitschek, para oferecer uma área de lazer às famílias e reunir edifícios importantes para a cultura. Os jardins ficaram por conta de Burle Marx.

Importante: como a Lagoa da Pampulha é enorme (cerca de 18km de extensão), a distância entre os edifícios pode ser longa para uma caminhada. Portanto, entre um prédio e outro você pode ir de ônibus, táxi, uber…

Ao chegar no conjunto, visite o Museu de Arte da Pampulha. Inicialmente um cassino, hoje abriga um acervo com mais de 1.600 obras modernistas e contemporâneas. Do outro lado da lagoa, passe pela Casa Baile, concebida para ser um espaço de diversão em uma ilhota artificial, que hoje funciona como Centro de Referência e Urbanismo, Arquitetura e Design.

Chegou a hora de conhecer um dos símbolos de BH e com certeza o mais emblemático ponto turístico: a Igreja de São Francisco de Assis, também conhecida como Igrejinha da Pampulha. Depois de toda a polêmica na época da construção (é só olhar a arquitetura diferentona pra entender que ela chocou a sociedade), hoje a igreja é ponto obrigatório para quem visita o complexo, pois além dos traços marcantes de Niemeyer, é possível admirar o painel de azulejos de Portinari.

Para fechar  a visita ao Complexo da Pampulha, não deixe de passar pelo Iate Clube e seu Salão Portinari, com um enorme painel assinado pelo artista. E a Casa de Kubitschek, construída para ser a casa de veraneio do Presidente, que mantém todos os detalhes de uma casa de arquitetura modernista da década de 40. E se for fã de futebol, ali pertinho tem o estádio do Mineirão, o 5º maior do país, que além de abrigar os clássicos mineiros, foi palco do nosso fatídico 7×1 na Copa de 2014… Uma vez por lá, vale conferir o Museu Brasileiro de Futebol.

A essa altura, a fome já está batendo forte, certo? Nossa sugestão é um presente para quem adora carnes. 😉


Sugestão para o almoço: Churrascaria Porcão

Mais de 30 especialidades de carnes preparadas na hora, das mais nobres às mais tradicionais, e um buffet com dezenas de opções de acompanhamentos, saladas e muito mais!

Avenida Raja Gabaglia 2985 – São Bento
(31) 3293-8787

DISPONÍVEL NO CHEFSCLUB! Veja no app
.


Para encerrar seu tour pela capital mineira, leve em consideração sua “energia”. Há quem queira apreciar o pôr do sol do Mirante Mangabeiras, de onde é possível admirar o “belo horizonte” visto ali de cima. Já outros preferem aproveitar para se “despedir” no melhor estilo mineiro: num bom boteco, e tem ótimas opções na região de Lourdes e Savassi. E ainda quem queira passar rapidinho em um dos ótimos shoppings da cidade.

Seja como for, sua experiência em Belo Horizonte certamente será inesquecível, com muito lazer, cultura e claro, nossa especialidade: o melhor da gastronomia!

- Antes de visitar um local citado, consulte sempre seu horário de funcionamento.
- Antes de visitar um parceiro ChefsClub citado, consulte sempre as condições dos benefícios.

Comments

comments