doces portugueses

A base de quase todos os doces de Portugal é feita de açúcar e gema do ovo.

Dizem que esse costume começou porque as claras dos ovos eram usadas para engomar os hábitos dos padres e freiras. Com as gemas sobrando e a exploração de cana de açúcar na Ilha da Madeira a todo vapor, o resultado foi o surgimento de vários doces conventuais. Ainda bem!

Apaixonado pela culinária portuguesa, o ChefsBlog selecionou 5 doces portugueses que você não pode deixar de experimentar:

Barriga de Freira

doces portugueses

A receita foi criada por freiras dos conventos portugueses no século XVII. É uma deliciosa combinação de gema de ovos com massa de hóstia.

Pastel de Santa Clara

doces portugueses

Muito apreciado no Brasil, o Pastel de Santa Clara é um folhado crocante com massa finíssima, recheado com creme de ovos.

Ovos Moles de Aveiro

doces portugueses

Este doce é típico da cidade de Aveiro, claro!

Nada mais é do que uma simples massa composta por gema de ovo, açúcar e água, envolvida por uma película que se assemelha à hóstia.
Também pode ser encontrado como uma compota com açúcar, gema de ovos e canela.

Pastel de Nata

doces portugueses

É um dos doces mais vendidos no mundo e muitas pessoas costumam chamar de Pastel de Belém.

Essa confusão acontece por causa da famosa receita produzida pela Pastelaria de Belém, a partir da criação original de um pasteleiro do Mosteiro dos Jerónimos. Somente na antiga confeitaria de Belém, fundada em 1837, que ele pode levar esse nome. Nos outros locais, são pastéis de nata mesmo.

Toucinho do Céu

doces portugueses

Considerado um dos 5 mais famosos doces portugueses, o toucinho do céu é um bolo de ovos e açúcar com recheio de creme de amêndoas.

Comments

comments