Há grandes chances de você já ter provado um bom ceviche, mas não necessariamente conhecer a fundo a gastronomia peruana. Pois vale à pena provar dos sabores do país e entender um pouco mais sobre suas misturas. Mantendo suas raízes, mas em contínua evolução, a cozinha do Peru vive um momento de reconhecimento em todo mundo. Por lá estão, hoje em dia, grandes chefs mundiais e cada vez mais pessoas estão apreciando seus pratos – e consequentemente sua cultura.

A rica cozinha peruana tem características marcantes. O ceviche, seu mais famoso exemplar, está longe de ser o único sabor de destaque do país. Ele tem a companhia de pratos como o lomo saltado, cau-cau, tamal, anticuchos, e muito mais. Para acompanhar estas delícias, uma boa pedida é experimentar o tradicional pisco sour. O drinque tem como base o pisco, água ardente com nível alcoólico entre 38 e 48 obtida da destilação da uva. Além disso, leva também limão, açúcar, clara de ovo, gelo e uma pitada de pimenta.

A gastronomia do Peru tem várias facetas. Por um lado, há a cozinha da costa do Pacífico, por outro lado, a cozinha das montanhas, e por outro, a cozinha da selva amazônica. Os sabores mais marcantes se encontram na diversidade de peixes e frutos do mar, assim como na grande variedade de legumes e frutas, sem esquecer as batatas e os milhos.

Leia também:
Receita do dia: Pisco Sour
Thai Lovers: 6 restaurantes de comida tailandesa para conhecer com o ChefsClub
Os japoneses mais disputados do Rio – Por Renata Monti

Principais influências

O Peru foi a sede do Império Inca, que se expandiu por quase toda América Latina. Na época, eles criaram um sistema de agricultura sobre os terrenos dos Andes e o ingrediente fundamental era a batata. Dela, fizeram o famoso prato elaborado com restos de batata desidratada e reidratada, conhecido como carapulca. Em seguida veio a colonização dos espanhóis, que também já traziam 800 anos de colonização árabe.

Nessa época se desenvolveu o que hoje é conhecida como a comida criolla, da qual podemos destacar o prato llamado ocopa (amendoim processado, aji, leite e queijo), característico da cidade de Arequipa, ao sul do Peru. Depois chegaram os chineses pelo Pacifico no século XIX e XX e desenvolveram a tão famosa cozinha chifa. Entre seus pratos podemos destacar o lomo saltado (file mignon, tomate, cebola roxa, molho shoyu e batata frita servido com arroz).

Em 1899 chegaram os primeiros japoneses ao Peru e foi bem ali que a aclamada cozinha nikkei começou. Os japoneses deram um aporte muito importante à cozinha peruana, especialmente em relação aos peixes. Entre os pratos, podemos destacar o tiradito, uma espécie de sashimi acompanhado por um molho apimentado.

Onde provar a comida peruana

Se depois de se aprofundar um pouco no tema, você quiser partir para a experimentação, saiba que existem muitos restaurantes para provar uma autêntica comida peruana em vários pontos do Brasil. Vários deles possuem benefícios para os sócios ChefsClub, como os que separamos na lista a seguir:

Rinconcito Peruano – SP

Considerado um dos melhores restaurantes de gastronomia peruana do Brasil, preza pela excelência na harmonia entre sabores, cultura e temperos, tudo orquestrado pelo chef peruano Edgard Villar. Os ceviches são as estrelas do cardápio, com opções de diferentes tipos, como salmão, camarão e pescado. Outro prato tradicional é o típico arroz chaufa, que também aparece em várias versões, com frutos do mar ou carnes. Para acompanhar, as bebidas típicas como Pisco Sour ou Chicha Morada são a harmonização ideal.

Nou Nikkei – Curitiba

Comida de fusão peruana-japonesa, conhecida como Cocina Nikkei. É a união da mais perfeita técnica japonesa com os mais atrevidos sabores da cozinha peruana. Experiência única em um ambiente moderno, intimista e aconchegante. Os pratos são elaborados com ingredientes selecionados, a partir de receitas desenvolvidas pelo chef peruano conhecido como Amaru. Além da culinária única o restaurante também oferece uma incrível carta de coquetéis, com criações autorais e clássicos que marcam a casa

La Mar Cebicheria Peruana – SP

Casa da rede La Mar e com a chancela do seu principal difusor, o chef Gastón Arcurio. A unidade paulistana segue à risca o estilo de todos os restaurantes espalhados pelo mundo, mantendo a natural e costumeira marca das cebicherias, no que envolve serviço, ambiente, música e, claro, o absoluto respeito a autenticidade de sua cozinha. O cardápio leva você por um passeio como se em cada prato se desvendasse um novo cantinho daquele país.

Moray – RJ

No comando do espaço de 50m² e apenas 22 lugares, está David Uizcarra, que chegou no Brasil há apenas dois anos. É dele o cardápio com cinco opções de ceviches, inclusive um vegetariano, com vegetais e cogumelos no leche de tigre.  A cozinha do Moray aposta no tradicional, com sabor acentuado e aprimorado, uma apresentação atrativa e diferenciada. Ao mesmo tempo, é a união da gastronomia e da cultura peruana com o jeito descolado e informal do carioca.

Peruaníssimo – SP

O conceito é servir o melhor da comida andina na forma de opções rápidas e saborosas. Um dos pratos mais servidos na casa é o Tacu Tacu de Frutos do Mar- feito de kibe de arroz e feijão na panela wok, acompanhado de lula, polvo e camarão salteado ao molho do chef.

Comments

comments